imagem de topo do blog A Nossa Opinião; MAI - Liberdade e Segurança; 'Todo o indivíduo tem direito à liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e ideias por qualquer meio de expressão'.(artigo 19.º da Declaração Universal dos Direitos Humanos). [ imagem produzida pelos Gráficos à Lapa para este blog do MAI, A Nossa Opinião ]

Main menu:

RECENSEAMENTO:PÚBLICO ERRA DE NOVO

11 October 2009

publico errou

A DGAI estranha e desmente a manchete e notícia do Público segundo a qual “milhares” de cidadãos seriam forçados a “votar numa  freguesia a que não pertencem”.

Ao longo dos últimos meses a DGAI, em estreita colaboração com as autarquias locais, tomou as medidas necessárias para que os cidadãos votem na freguesia correcta correspondente à morada que indicaram quando solicitaram o cartão de cidadão ou na que está indicada no seu bilhete de identidade.

A DGAI em resposta a perguntas que foram feitas pela jornalista que assina o artigo forneceu a informação que descreve com rigor a modernização do sistema de recenseamento e as medidas de gestão de mudança (cujo teor integral pode ser lido no blog do MAI)  e que ora se reitera:

1- Dos eleitores notificados e da colaboração permanente e diária com as Juntas de freguesia resultou a correcção de algumas inexactidões registadas na alocação de freguesias. Os casos concretos referidos foram resolvidos em tempo, tendo os eleitores sido notificados.

2-A DGAI, em articulação com a AMA,ITIJ e CTT, resolveu e eliminou as situações descritas pelo que milhões de eleitores estão recenseados na freguesia correcta.

3- Ademais a DGAI firmou com a Associação Nacional de Municípios Portugueses e ANAFRE Protocolos com vista  a promover e difundir junto dos cidadãos a informação quanto aos locais de funcionamento das assembleias de voto nos sítios electrónicos das autarquias e na divulgação dos editais o que foi plenamente conseguido graças ao empenhamento das autarquias locais e das duas Associações”.

O facto de a notícia ser publicada nos termos em que o foi, no dia das eleições, com inteiro conhecimento dos factos e ignorando explicações objectivas da Administração Eleitoral  fala por si.

how to transfer prescriptions