imagem de topo do blog A Nossa Opinião; MAI - Liberdade e Segurança; 'Todo o indivíduo tem direito à liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e ideias por qualquer meio de expressão'.(artigo 19.º da Declaração Universal dos Direitos Humanos). [ imagem produzida pelos Gráficos à Lapa para este blog do MAI, A Nossa Opinião ]

Main menu:

NASCEU O PORTAL DA SEGURANÇA!

29 July 2009

Valeu a pena o esforço feito para poder concluir antes do fim do mês de Julho os trabalhos de preparação do PORTAL DA SEGURANÇA.

portal seg

A sessão de lançamento público foi, aliás, uma boa expressão dos laços que o trabalho colectivo cria entre as equipas responsáveis por projectos como este.Tivemos momentos horríveis, surpresas desagradáveis,dificuldades esperáveis e outras chocantes – mas superámos quase tudo e ninguém esquecerá como foi possível ganhar a batalha.

Poupo-vos a repetição, agora em formato post , de tudo o que disse no arranque da sessão (está disponível em vídeo e basta clicar para ver isso e tudo o mais!).

O “Portal da Segurança”  vai  ser um marco inovador, porque consegue  agregar criativamente, usando  os meios disponíveis na era da Web  2.0, informação sobre segurança, em termos que os cidadãos  podem sentir imediatamente como úteis, pela clareza, riqueza de informação e bom  aconselhamento, num domínio sensível em que todas essas coisas podem ser a diferença entre a segurança e o seu contrário.

O “Portal da Segurança” apresenta  conteúdos próprios utilizando as mais recentes ferramentas ( multimédia e outras) e tem em conta todas as faixas  etárias, incluindo os idosos e as crianças (às quais é dedicado um espaço próprio, bem imaginativo e lúdico-pedagógico).Mas não deixa de tirar partido de serviços avançados já criados (vg. o serviço online de queixas electrónicas e o serviço de “perdidos e achados”)

O sistema  que ficou hoje online é apenas um bom começo, mas a experiência adquirida na produção de conteúdos vai permitir ampliar  depressa o património informativo agora disponibilizado.Julgo, também, que o modelo de gestão criado e os resultados que produziu influenciarão positivamente a qualidade e quantidade de informação dos sites institucionais da GNR, PSP e SEF.

No futuro, o “Portal da Segurança”  abrangerá informação produzida por entidades policiais tuteladas por outros Ministérios (como prevê o SIMPLEX09) e tirará partido das redes de nova geração em fibra óptica. Está previsto que apresente, no seu desenvolvimento, entre outras novidades, um Centro de Contacto  apto a receber videochamadas, propiciando  aos cidadãos novas formas de dialogar com a sua polícia, bem como de apresentar questões e pedir conselhos com imagem ao vivo. O policiamento de proximidade contará, assim, com novas e poderosas ferramentas de combate contra o crime.

Quanto à área da protecção civil, ganhou mais um instrumento de divulgação de importantes materiais informativos, muitos deles “recriados” para inclusão no Portal.

Deixo aqui  o registo integral da sessão:

how to transfer prescriptions