imagem de topo do blog A Nossa Opinião; MAI - Liberdade e Segurança; 'Todo o indivíduo tem direito à liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e ideias por qualquer meio de expressão'.(artigo 19.º da Declaração Universal dos Direitos Humanos). [ imagem produzida pelos Gráficos à Lapa para este blog do MAI, A Nossa Opinião ]

Main menu:

614 ANOS DO Regimento de Sapadores Bombeiros

22 May 2009

Fui convidado para  na Praça do Império, em boa companhia, participar na cerimónia que assinalou oDia da Unidade do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa.

cartaz-dia-unidade

No momento de usar da palavra, eis o que disse:

“Em nome do Ministério da Administração Interna saúdo todas e todos que constituem este corpo de elite dos bombeiros portugueses.

Ao Regimento de Sapadores Bombeiros dirijo uma palavra de sincero apreço e manifesto publicamente o nosso reconhecimento profundo pelo excelente trabalho desenvolvido e por tudo o que vêm dando, aos lisboetas, à cidade e ao país.

614 anos é uma impressionante idade, que abrange a história de inúmeros dramas, de muitas vidas salvas e de gerações de bombeiros que deram a sua vida pelos outros. A vossa História confunde-se com a evolução e a transformação da cidade de Lisboa e confere-vos uma especial responsabilidade em relação ao futuro.

O Ministério da Administração Interna está plenamente consciente da importância do Regimento de Sapadores Bombeiros no quadro da actividade de protecção civil e de emergência na cidade de Lisboa e no âmbito mais vasto da Área Metropolitana. Saúdo, em especial, a vossa aposta no uso inteligente das novas tecnologias de informação e da Internet, para a interacção com os cidadãos e para o reforço da vossa eficácia.

A força operacional que sois, constitui um factor de segurança colectiva, em quem podemos confiar e com quem contamos sempre, dia e noite, todos os dias do ano.

Sendo certa a garantia de uma resposta eficaz do vosso lado, é justo, importante e essencial que o Regimento de Sapadores Bombeiros e a CML saibam que têm no Governo e nas forças e serviços com quem têm mais proximidade, e que o MAI tutela, aliados e parceiros constantes, atnetos e activos.

Essa nossa parceria tem várias vertentes estratégicas.

Hoje demos dois exemplos práticos da nossa boa cooperação com a assinatura de dois Protocolos: com a ANPC e com o SIRESP.

O Primeiro respeita à melhor definição de procedimentos e de articulação entre a Autoridade Nacional de Protecção Civil e o Regimento, operacionalizando aspectos importantes que vão significar uma intervenção mais célere e novos mecanismos de cooperação permanente.

O segundo, também estratégico e de grande valor, visa integrar a rede de comunicações de emergência do Município no sistema integrado de redes de emergência, socorro e protecção civil em desenvolvimento, que irá beneficiar o Regimento de Sapadores Bombeiros, o Serviço Municipal de Protecção Civil, a Polícia Municipal e a Polícia Florestal.

Com estes dois protocolos damos um sinal público do que deve ser uma boa parceria e uma eficaz colaboração entre a administração central e o poder autárquico.

Juntamo-nos, num dia de história, ao futuro, numa nova visão de entender e partilhar projectos. A acção reformadora em curso na CML e as acções modernizadores que desenvolvemos em várias áreas da interacção com os cidadãos e com os municípios no âmbito do MAI são reveladores da enorme força da convergência prática de projectos que servem os cidadãos e podem salvar-lhes a vida e os bens.

A convergência hoje patente é naturalmente para continuar e aprofundar em outros domínios,para que Lisboa continue a ser uma das cidades mais seguras da Europa e do Mundo.

Deixo a todos uma palavra de agradecimento e de reconhecimento pelo esforço, empenho e profissionalismo e dádiva dos bombeiros que integram o Regimento.

Contareis sempre com o nosso apoio, tal como a cidade e o país sempre terão a vossa pronta e dedicada resposta.

how to transfer prescriptions