imagem de topo do blog A Nossa Opinião; MAI - Liberdade e Segurança; 'Todo o indivíduo tem direito à liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e ideias por qualquer meio de expressão'.(artigo 19.º da Declaração Universal dos Direitos Humanos). [ imagem produzida pelos Gráficos à Lapa para este blog do MAI, A Nossa Opinião ]

Main menu:

Registo electrónico de dados referentes a acidentes de trânsito

25 January 2008

Com o arranque do piloto do sistema de registo electrónico de dados referentes a acidentes de trânsito que acaba de ser lançado na Região Autónoma da Madeira, em parceria com a Secretaria Regional do Turismo e dos Transportes, introduz-se uma melhoria substancial no processamento e registo destas ocorrências, simplificando processos  e conferindo muito maior operacionalidade e rigor relativamente aos dados registados.

Com o novo sistema,  os Militares e Agentes que têm como missão o levantamento e registo dos acidentes rodoviários, passam a utilizar  meios tecnologicamente evoluídos, para que essas operações sejam feitas de forma mais simples, precisa e célere.

Trata-se de mais uma iniciativa inscrita no Plano Tecnológico do MA I, neste caso no domínio do programa “Policia em Movimento”.  Neste âmbito,  procedeu-se à introdução, nas viaturas das Forças de Segurança, de meios tecnológicos evoluídos, com acesso permanente e imediato às informações hoje disponíveis nas diversas bases de dados, corresponde à disponibilização das ferramentas que, no terreno potenciam a sua actuação e aumentar de forma significativa a sua eficácia.

Os meios tecnológicos móveis de acesso à informação disponíveis permitem já aos militares e agentes em serviço: mobilidade no acesso à informação nas missões no terreno; acesso imediato, permanente e actual à informação existente em bases de dados; recolha de dados e transacções sobre sistemas de informação através de computadores pessoais ligados às redes virtuais dos organismos usando comunicações móveis; registo e execução de contra-ordenações electrónicas; maior eficácia na acção policial e de segurança; melhoria da operacionalidade; e simplificação de procedimentos.
O sistema permite identificar: viaturas furtadas e a apreender; pessoas com motivos de procura; histórico de contra-ordenações; cartas de condução; dados de veículos.  Possibilita ainda a execução de contra-ordenações indirectas; a execução de contra-ordenações directas; e o pagamento ou depósito das contra-ordenações directas.

Rgisto electrónico 

O sistema de registo electrónico de dados referente a acidentes de trânsito que agora arranca na Região Autónoma da Madeira e que se laragará a todo o território nacional, constitui mais elemento deste sistema. Entre os meios a disponibilizar nesta fase encontram-se: computadores portáteis dotados de comunicações móveis para aceder às bases de dados de veículos e condutores e com ecrãs com capacidade de registarem desenhos efectuados sobre eles;  Software adequado para desenho electrónico de “croquis”; máquinas fotográficas digitais;  GPS para localização exacta do local;  e diverso outro equipamento electrónico de medida de distância, inclinação do terreno, sinalização etc.

Numa segunda fase existirá a integração automática com o sistema de (BEAV – Boletim Estatístico de Acidentes de Viação) da ANSR Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária e a disponibilização, aos interessados (intervenientes e Companhias Seguradoras), das peças processuais pertinentes através de um Portal específico.

O registo electrónico dos acidentes rodoviários pelas Forças de Segurança, não só melhora a qualidade dos dados registados, como simplifica a acção dos Militares e Agentes, racionaliza o arquivo e acesso posteriores e acaba com todo o processo burocrático de preenchimento e envio dos BEAV.

Por outro lado, ao disponibilizar “on-line” ao Cidadão e às Companhias de Seguros a informação que estes só podem, presentemente, obter em papel e junto das Forças de Segurança, reduz-se significativamente os tempos e as desnecessárias deslocações.

Ver notícias

Lusa

http://www.dnoticias.pt/Default.aspx?file_id=dn01010103240108&id_user

http://www.portugaldiario.iol.pt/noticia.php?id=907449&div_id=291

http://www.simplex.gov.pt/cidadaos/m124.html

http://www.governo.gov.pt/Portal/PT/Governos/Governos_Constitucionais/GC17/Ministerios/MAI/Comunicacao/Notas_de_Imprensa/20080124_MAI_Com_Registo_Electronico_Acidentes_Rodoviarios.htm

how to transfer prescriptions