imagem de topo do blog A Nossa Opinião; MAI - Liberdade e Segurança; 'Todo o indivíduo tem direito à liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e ideias por qualquer meio de expressão'.(artigo 19.º da Declaração Universal dos Direitos Humanos). [ imagem produzida pelos Gráficos à Lapa para este blog do MAI, A Nossa Opinião ]

Main menu:

ESQUADRAS SÉC XXI: EIS O FUTURO

7 October 2007

Muita gente, certamente, leu o artigo publicado hoje pelo Correio da Manhã sobre a experiência em curso desde há meses na esquadra de S. João do Estoril. O título (“Estoril: Esquadra do século XXI deixa agentes satisfeitos/MAI estuda alargamento da polícia do futuro”) deixa no ar uma nota positiva, assaz digna de nota, uma vez que, mediaticamente, a insatisfação faz mais facilmente notícias do que a satisfação.Quanto ao alargamento de uma coisa satisfatória, é tão boa notícia que raramente chega a título de qualquer peça jornalística.

No caso concreto, ambas as coisas ocorreram. A introdução do artigo adopta a mesma postura (“As imagens recolhidas pelo sistema de videovigilância instalado nos calabouços da esquadra da PSP do Estoril já serviram para fazer prova em Tribunal. Um detido infligiu agressões a si próprio e atribuiu a culpa a um agente. As imagens mostraram que estava a mentir. Esta é uma das vantagens da Esquadra do Século XXI e uma mais- -valia que a subcomissária Vanessa Reis gostava de ver implementada noutras esquadras.”).Segue-se uma descrição viva e bem feita das várias componentes do Projecto lançado pelo MAI, em parceria com a Portugal Telecom.

Video thumbnail. Click to play
Click To Play

Recomendo, com gosto, a leitura do texto.

Quanto ao relatório de avaliação elaborado por quem tem protagonizado o “piloto-demonstrador” é um documento muito interessante. A subcomissária que o subscreve manifesta a sua expectativa quanto à viabilidade “de reaplicar toda esta tecnologia a outras esquadras” .É, todavia, óbvio que a resposta do MAI, ao contrário do que sugere a notícia, não será dada unicamente com base na consideração do estudo relativo à esquadra do Estoril. Em breve terá lugar uma sessão de debate alargado e avaliação com os peritos que têm participado na definição da Rede Nacional de Segurança Interna e na fixação das especificações das futuras instalações policiais.

Entendo que nada obsta à divulgação do Relatório, razão pela qual o fiz depositar na Web. Recomendo a leitura do texto.
documento sobre as Esquadras do Séc. XXI em formato MHT
Os comentários podem ser remetidos para esquadrasecxxi@nullpsp.pt

how to transfer prescriptions